quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

A Equipa de professores e técnicos da Educação Bilingue de Alunos Surdos e todos os seus alunos desejam a todos um FELIZ NATAL e um PROSPERO ANO NOVO!

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

LÍNGUA PORTUGUESA


Luís Vaz de Camões nasceu em Lisboa em 1524 ou 1525 e morreu a 10 de Junho 1580 em Lisboa.
Luís de Camões é filho de Simão Vaz de Camões e de Ana Sá Maçaedo. Ele namorou com D. Catarina de Ataíde, um namoro muito atribulado.
Estudou em Coimbra e quem o ajudou nos estudos foi o seu tio, que era frade.
Luís de Camões pertencia à nobreza e, por isso, frequentava as festas e saraus da corte no palácio real.
Em 1572, foi publicada a maior obra de Luís de Camões, “ Os Lusíadas”, que ele escreveu em Macau, numa gruta em frente ao mar.







Mais tarde, o seu barco naufragou junto à foz do rio Mekong, na Índia, mas luís de Camões foi ate à costa a nado só com um dos seus braços, visto no outro levar consigo a sua obra; foi assim que salvou “Lusíadas”.
A obra “ Os Lusíadas” de Luís de Camões é uma obra poética considerada a epopeia portuguesa por excelência.
Uma epopeia é um poema heróico narrativo extenso, com uma colecção de feitos, de fatos históricos, de um ou de vários indivíduos, reais, lendários ou mitológicos.
Os acontecimentos relatados relacionam-se com conceitos morais e atos exemplares que funcionam como modelos de comportamento.


Provavelmente concluída em 1556, foi publicada pela primeira vez em 1572. A ação
Central é a descoberta do caminho marítimo para a Índia por Vasco da gama, à volta da qual se vão descrevendo outros episódios da história de Portugal, glorificando o povo português. Esta era uma viagem complicada e pouca probalidade de êxito.
Camões glorificou o esforço formidável de um povo audacioso e persistente que foi capaz de vencer os difíceis obstáculos.
Luís de Camões dedicou essa obra a D. Sebastião, o rei da altura.








Os últimos anos de vida de Camões foram vividos na miséria, vivendo de esmolas que se dizia terem sido angariados pelo fiel criado, Jau António.
Luís Vaz de Camões está enterrado nos Mosteiros dos Jerónimos, em Lisboa.
Hoje em dia, no dia da sua morte comemora-se o “Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades portuguesas”. O dia 10 de Junho é feriado nacional.






Trabalho elaborado por:
Ana Afonso Nº1 9ºD 
Professora Teresa Castro

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

As ferias da Ana


Em Junho nas minhas férias, fiquei em casa e passei com a minha prima e com a minha mãe. Depois, em Julho, fui para a piscina; também fui para a minha avó e para á minha tia.
De 1 a 9 de Agosto fui para a praia da Nazaré com a minha tia, o meu tio e o meu primo.
No domingo, dia 1 de Agosto, levantei-me às 4:00h da manhã e lá fomos para a Nazaré. Chegámos por volta das 10:30; depois fomos almoçar fomos procurar casa e encontramos uma perto da praia.
A casa tinha um quarto, uma casa de banho, uma cozinha, uma sala, com uma cama e um sofá que fazia de cama, e uma mini varanda.
Descarregámos as coisas, e fomos às compras.
Preparámos o jantar e jantamos.
Depois saímos á noite: fomos beber café, comer um gelado e passear até ao farol. Chegamos a casa e fomos dormir.
Na segunda-feira, dia 2, levantámo- nos, bem cedo e toma-mos o pequeno-almoço e fomos ao mercado. Levámos as compras a casa e fomos para a praia até á hora de almoço. Almoçamos e ficámos em casa até passar o calor. Á noite jantamos e saímos.
Todas as noites fomos ao farol porque gostávamos de ouvir as ondas a bater nas pedras.

Na terça, quarta, quinta, sexta, sábado, domingo e segunda foi quase sempre o mesmo: a ida á praia, á noite, ao farol, mas, na sexta, dia 6, fomos ao sítio que é um lugar muito conhecido da Nazaré.
No domingo, o penúltimo dia, almoçámos, fomos á praia, jantámos e fomos, outra vez, andar de teleférico, mas foi á noite, para ver a vista de noite que é linda.
Á noite, arrumámos tudo e, no dia seguinte, segunda, colocámos as coisas no carro do meu tio e entregámos a chave da casa à dona.
Estacionámos o carro e almoçámos e ainda fomos ao mercado comprar uns sacos de berbigão para fazermos em Portalegre.
De seguida, fomos á marginal da Nazaré ver os barcos e, finalmente, viemos embora.
Quando chegámos a Portalegre estava muito calor. E na Nazaré estava tão bom!
Os berbigões foram para o nosso lanche. Toda a família comeu.
Depois, até começar a escola, fui indo para à piscina.
Adorei as minhas férias espero repetir!







terça-feira, 13 de abril de 2010

AS FÉRIAS DA PASCOA EM CAMPO MAIOR

As férias da Páscoa
Nas férias da Páscoa eu fui à Enxara.
A Enxara é um lugar onde podemos acampar, tem uma igreja, um rio, muitas árvores e mesas para comer.
Eu fui à Enxara com o meu irmão e com cinco amigos. Todos os dias de manhã íamos passear e depois do almoço íamos andar de mota.
Nestas férias eu tambem joguei futebol com os meus amigos em Campo Maior no parque.
Em casa eu joguei Playstation com o meu amigo Ruben.
Eu gostei muito destas férias.

Hugo Leonardo





Santuário da Nossa Senhora da Enxara

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

História e Geografia de Portugal

Transportes e Comunicações

Trabalhos Feitos pela Liliana e pela Eduarda
nas aulas de História com o professor António Tavares.


video
Liliana Oliveira

video
Eduarda Possante